sexta-feira, 8 de março de 2013

DIA INTERNACIONAL DA MULHER?

“E se Deus é canhoto e criou com a mão esquerda? Isso explica, talvez, as coisas deste mundo...”.

Carlos Drummond de Andrade (1902-1987)
Poeta brasileiro no livro de poema Hipótese.



“Não se nasce mulher: torna-se mulher...”.

Simone de Beauvoir (1908 - 1986)
Escritora francesa


O Dia Internacional da Mulher foi instituído há 103 anos. Em 1910, durante a II Conferência Internacional da Mulher Socialista, realizada em Copenhague, na Dinamarca, decidiu-se homenagear as mulheres do mundo inteiro, tendo, como gancho, segundo a antropóloga brasileira Elizabeth Mafra Cabral Nasser, um episódio q teria chocado o mundo: no dia 8 de março de 1857, “por reivindicarem melhores salários, melhores condições de trabalho, redução da jornada de trabalho de quatorze para dez horas, 129 operárias, de uma fábrica de tecidos em Nova York, foram trancadas na fábrica pelos patrões, que, em seguida, atearam fogo ao prédio. Claro, todas morreram queimada vivas!”.  Este ano, contudo, para mim, 2013, não tem, especificamente, direito a um poema, mas apenas a citação do artigo I da Declaração Universal dos Direitos Humanos, adotada pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 10 de dezembro de 1948, q diz: “Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotadas de razão  e consciência e devem agir em relação umas as outras com espírito de fraternidade...”. E voilà!
NBC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aceita-se comentários...